23 agosto 2014

Responsabilidade

    Seu filho será um adulto responsável?
    De acordo com o dicionário, o significado da palavra responsabilidade é: "Dever de arcar com o próprio comportamento ou com as ações de outrem". Ser responsável é algo muito requisitado na vida adulta, tanto na área profissional quanto na social e sentimental. E claro que aprendemos a sermos responsável e a arcar com as consequências do nossos atos.
     Ser sensível, ou seja, estar atento às consequências de cada ação é um ingrediente fundamental para o desenvolvimente da responsabilidade. Por exemplo, a criança irá cumprir a rotina de estudo em casa pra evitar as consequências desagradáveis, como por exemplo, não assistir TV por 1 semana e ficar com a nota baixa. É claro que para que isso ocorra, os pais precisam ser assertivos em relação às regras impostas. Ou seja, não não significa talvez. Coerência e firmeza!
    Outra questão que emerge quando pensamos nesse tema é com relação às exigências elevadas. Quem não quer ter um filho que faz as tarefas sozinho, deixa o quarto arrumado, ajuda com os afazeres da casa, etc?! Nesta busca do filho "perfeito" vem os excessos: não basta deixar o quarto organizado, tem que deixá-lo impecável, sem nada fora do lugar. Imagina a dificuldade de superar as expectativas de pais tão exigentes.
  E agora vamos a alguns pontos importantes de serem refletidos para desenvolver a responsabilidade do seu filho:
  • Faça exigências razoáveis sobre o comportamento do seu filho;
  • Aumente o grau de exigência gradativamente. Por exemplo: ao invés de falar "cuide dos cachorros" , diz: 1) "ponha água para o Rex" > 2) "Ponha água para o Rex e Bob" > 3) "Ponha água e comida para os cachorros" ;
  • Valorize  quando seu filho se comportar de modo esperado e adequadamente. Elogie. Demonstre que você percebeu.
Fonte: Educação para Todos

______________________________________________________________
Aproveita e avalie o blog! Sua opinião é muito importante, é essencial!

Dúvidas? Sugestão de temas? Participe da coluna Quero Saber!

 Se interessa pelo tema Psicologia e Educação? Participe da coluna Dialogando sobre Psicologia e Educação

   

    

12 comentários:

  1. Olá, Letícia.

    Estava com saudades dos seus post, porque são muito enriquecedores.
    Acredito que a responsabilidade vem de criança, onde os pais mostram o que é certo e errado, como você falou sejam o exemplo.

    Adorei o post.

    bjs, Pri
    Mãe Sem Frescura
    www.maesemfrescura.net

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Priscila....eu estava sem inspiração...mas agora retornei!
      Beijo e obrigada pelo carinho!

      Excluir
  2. verdade temos que fazer a diferença
    sim queremos filhos responsáveis
    amas para isso depende de nós
    aqui em casa tento com cofrinho
    no gastar fora a cama e fazer as tarefas

    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  3. É isto aí.
    Tudo depende dos exemplos que damos para eles.
    Como raras exceções os filhos crescem ao reflexo dos pais.

    Histórias, estórias e outras polêmicas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade...é muita responsabilidade ser o espelho de outra pessoa! Beijo

      Excluir
  4. Boa noite Leticia!
    Fiquei muito feliz em te ver no meu blog.
    Seja sempre bem vinda!
    Quanto ao seu post. ..por aqui filhos não me dão trabalho, sabem bem dos combinados e que não costumo ter duas opiniões. ..se esposo fala sua mãe quem sabe. ..Já sei que devo falar não e vice versa. ..Assim tudo flui corretamente e na escola até o momento são ótimos alunos.
    Tenha uma ótima semana!
    Bjokas da Bia! ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito legal essa sua sintonia com seu marido! Beijo

      Excluir
  5. Oi Leticia, dicas preciosas!!!
    Vim fazer uma visita e deixar uma tag que está no meu blog, fique a vontade se quiser participar!
    Abraçossss

    ResponderExcluir
  6. Oi, Letícia!
    Temos que preparar filhos para a vida desde sempre, vencendo etapas, enfrentando dificuldades, para terem mais segurança para superar adversidades e independência para uma melhor auto-estima. As responsabilidades são frutos dos compromissos assumidos, do conviver comunitariamente e da vontade de crescer. Os exemplos são importantíssimos e um pai precisa se auto analisar antes de cobrar qualquer atitude de um filho.
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Luma, os pais devem sempre pensar em que exemplo eles estão sendo para os filhos! Beijo

      Excluir

Deixe aqui sua opinião!
Obrigada por enriquecer esse Blog!