18 outubro 2014

Como arrumar o quarto do seu filho e ainda ajudar no crescimento emocional

Quando as crianças entram em idade escolar elas começam a mostrar sinais de independência. Esse período de crescimento também é marcado pelo aparecimento das amizades. Os pais continuam sendo as pessoas mais importantes na vida da criança, mas o relacionamento com os coleguinhas começam a florescer.

Outra característica dessa idade é o desenvolvimento da capacidade de controlar os impulsos e regular o próprio comportamento. Ou seja, a criança passa a identificar padrões de comportamento e se adequar a eles. Então por volta dos 5 a 6 anos de idade é a época perfeita para engajar o seu filho em atividades que provoquem a compreensão destes conceitos e fixem melhor a ideia. Quer um exemplo? Veja aqui como arrumar o quarto junto com o seu filho pensando nisso:

-          Escolha um dia livre para os dois e chame-o para a brincadeira. Comecem conversando sobre como ele gostaria que o quarto dele fosse. Quer mais espaço para brincar? Gostaria de ter um cantinho das artes ou leitura? Gostaria de escolher uma cama nova ou as cores?

Nessa idade seu filho já consegue entender melhor os próprios sentimentos, as consequências de suas ações e também usar palavras para descrever tudo isso. Aproveite para discutirem as consequências de que ter mais espaço para brincar pode significar doar alguns brinquedos.

Foto: davitydave

-          Convide a criança a espalhar os brinquedos em categorias, como por exemplo carrinhos, blocos de montar, bonecos. Ajude ele com a tarefa e tenha paciência caso ele perca a atenção. Lembre-se que o importante é ele entender os conceitos. Com 5 a 6 anos o seu filho está disposto a brincar de cooperar, revezar tarefas e compartilhar, mas ainda é uma criança.
-          Agora que os brinquedos estão separados, selecionem juntos o que estiver quebrado para consertar ou jogar fora. Separe os brinquedos que perderam o interesse da idade e os que o seu filho não quiser mais para doação. Converse com ele sobre as várias crianças e amiguinhos que não tem brinquedos como ele e que vão ficar muito felizes em receber um presente assim.

Por já terem amizades e conhecerem outras crianças como coleguinhas iguais, as crianças dessa idade também são capazes de simpatizar com a necessidade das outras. Isso torna a oportunidade perfeita para introduzir mais alguns aspectos do conceito de compartilhar, como por exemplo desapegar, doar, consertar o que tem valor, jogar fora o que não tem mais uso e por aí vai.


Procure ouvir a criança em todo o processo, afinal seu filho está aprendendo muito e ficará cada vez mais independente. Aproveite para, além de ensinar, conhecê-lo melhor e curtir mais este momento juntos. O exemplo foi com a revisão dos brinquedos, mas também serve para mudar os móveis de quando ele era mais novinho, arrumar o cantinho de leitura ou dividir o quarto com o irmão entre outras coisas. Seu filho vai crescer e amadurecer ao se sentir importante por ter sido ouvido e participado das decisões. De quebra, ele vai gostar ainda mais do próprio quarto.
______________________________________________________________
Aproveita e avalie o blog! Sua opinião é muito importante, é essencial!

Dúvidas? Sugestão de temas? Participe da coluna Quero Saber!

 Se interessa pelo tema Psicologia e Educação? Participe da coluna Dialogando sobre Psicologia e Educação

2 comentários:

  1. amei o post! mto útil, ótimo! dps vou ler novamente qndo meu filho estiver maiorzinho! boa semana
    bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou e que irá te ajudar de alguma forma. beijo

      Excluir

Deixe aqui sua opinião!
Obrigada por enriquecer esse Blog!